Notícias

  • 10/12/2012

    Telefônica Vivo levará 30 Gbps de conexão à Campus Party Brasil 2013

    A Telefônica Vivo mais uma vez será a principal patrocinadora da  Campus Party Brasil 2013, maior acontecimento de inovação, criatividade, entretenimento digital e tecnologia do mundo. Para este ano, a empresa, responsável por toda a infraestrutura de telecomunicações, aumentou a capacidade de conexão oferecida aos campuseiros, passando de 20 Gbps para 30 Gbps. O evento será realizado entre 28 de janeiro e 3 de fevereiro no parque de exposições do Anhembi, em SãoPaulo.
     
     
     
    A parceria da companhia com o evento acontece desde a primeira edição, na Espanha, em 1997, e em todos os sete países onde é promovido. No Brasil, a empresa patrocina a Campus desde 2008, sendo que, em 2012, além da edição paulista, foi realizada pela primeira vez uma edição em Recife. Para a Campus Party Brasil 2013, os principais focos da empresa são promover ações de sustentabilidade, estimular a inovação e o empreendedorismo e, por meio da Fundação Telefônica Vivo, discutir a relação entre educação e tecnologia e estimular o empreendedorismo social.
     
     
     
    “A Campus Party nos permite uma grande proximidade com desenvolvedores e líderes digitais, um público que provoca inovação tecnológica e que nos interessa muito pelas características do nosso próprio negócio”, diz Antonio Carlos Valente, presidente da empresa. “A companhia oferece uma infraestrutura de última geração e altíssima capacidade para que os campuseiros explorem ao máximo todas as possibilidades do mundo digital”, acrescenta Valente.
     
     
     
    Telefônica Vivo, Mozilla e Facebook
     
    A exemplo de anos anteriores, a Telefônica Vivo promoverá, também nesta edição da Campus Party,  concursos voltados ao incentivo ao empreendedorismo e à inovação. A partir da experiência do concurso realizado para o novo sistema operacional Firefox OS na Campus Party de Recife, a empresa lançará novos desafios para desenvolvedores na Campus de 2013. Desta vez, a empresa contará com o apoio de um nome de destaque no mundo da internet: o Facebook.
     
    O novo concurso terá como desafio o desenvolvimento de aplicações sociais que combinem a utilização da plataforma Firefox OS com as múltiplas funcionalidades do Facebook disponíveis para os programadores. Os critérios de avaliação das aplicações estão em fase de desenvolvimento pelas empresas, mas será valorizada a integração das facilidades das duas plataformas na criação do aplicativo. Haverá equipes de engenheiros no local, que prestarão assistência aos desenvolvedores durante todo o evento. 
     
     
     
    O advento do Firefox OS no mercado brasileiro, possível somente com a parceria entre Mozilla e Telefonica, será de grande importância para a popularização dos smartphones, sendo uma alternativa viável para que grande parte da população brasileira tenha acesso a esta tecnologia. Além disso, será mais uma ferramenta importante para que os milhares de desenvolvedores brasileiros dêem vida a seus aplicativos móveis.
     
     
     
    Sustentabilidade
     
     
     
    A Telefônica Vivo quer fazer da Campus Party 2013 um evento mais sustentável do ponto de vista ambiental. “Queremos falar de sustentabilidade e tecnologia, mostrando a relevância que dedicamos ao tema e apresentando soluções tecnológicas que podem ajudar a reduzir as emissões de gases de efeito estufa e os impactos ao meio ambiente”, afirma Valente. Desta forma, a empresa será responsável pela curadoria das palestras Green-tech, indicando temas e palestrantes.
     
     
     
    Além disso, serão realizadas várias ações práticas. Entre elas, o abastecimento de estandes da empresa com energia limpa, a exemplo do que foi realizado em Recife na Campus Party, em julho passado. Serão instalados seis paineis de energia solar com potência média de 800 watts, suficientes para alimentar 33 lâmpadas fluorescentes cada um.
     
     
     
    Outra ação será a promoção de coleta seletiva de lixo. Alguns dos principais pontos de coleta contarão com o Vivo Monitoramento Remoto, que permitirá a transmissão ao vivo, em telas e via internet, de imagens captadas no processo de reciclagem promovido pela cooperativa parceira. A ideia é mostrar que os resíduos estão tendo a destinação correta, com o objetivo de estimular os frequentadores do evento a fazer a separação. Haverá, em cada ponto, uma lixeira para o lixo úmido e outra para o seco, que será reciclado.
     
     
     
    A Telefônica Vivo promoverá, ainda, uma edição do programa “Recicle seu Celular” no estande da empresa. Ali, haverá uma urna em que o visitante que depositar um aparelho celular em desuso concorrerá a um smartphone. O sorteio será realizado ao final do evento.
     
     
     
    Sustentabilidade também estará na 3ª edição do Vivo Hackathon, um concurso de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis que a empresa tem promovido na Campus. O tema desta edição será Cidades Inteligentes. Os desenvolvedores que criarem as melhores e mais inovadoras soluções para os problemas das grandes cidades receberão prêmios em dinheiro e smartphones.
     
     
     
    Wayra Contest
     
     
     
    A aceleradora de start-ups Wayra Brasil, uma iniciativa da Telefônica Vivo para identificar e reter no País talentos nas áreas de inovação e tecnologia, promoverá a terceira edição do Wayra Contest durante a Campus Party 2013. Dirigido apenas a campuseiros, o concurso pretende revelar empreendedores digitais que desenvolvam ideias de negócios ou aplicativos tecnológicos. Representantes de start-ups já apoiadas pela Academia participarão de debates sobre empreendedorismo e inovação. Eles também estarão participando do espaço de Open Innovation.  
     
     
     
    Incentivo ao empreendedorismo social
     
     
     
    Neste ano, a Fundação Telefônica Vivo estará presente na Campus Party atuando em duas grandes frentes: promovendo um desafio para incentivar o empreendedorismo social e um ciclo de debates sobre educação e o uso de tecnologias para a mobilização e transformação social.
     
     
     
    Para incentivar o empreendedorismo social, a Fundação oferecerá um espaço para os campuseiros participarem de debates sobre o tema, além de receberem consultoria e orientações sobre como planejar e ativar seus projetos. Neste local, haverá ferramentas para a cocriação de soluções tecnológicas que tragam benefício social. É neste espaço que a Fundação lançará o Desafio de Inovação Social Fundação Telefônica Vivo.
     
     
     
    Durante o mês de fevereiro de 2013, empreendedores de todo o Brasil poderão inscrever projetos de inovação social para participar do Desafio. Ao final de quatro meses de apoio para o desenvolvimento e estruturação das ideias, serão selecionadas as três mais inovadoras e com maior possibilidade de impacto social. Os três vencedores receberão tanto um aporte financeiro quanto o apoio de uma metodologia de incubação que garanta que boas ideias se transformem em negócios com impacto social. 
     
     
     
    Outra frente de atuação será a realização de um ciclo de palestras no Palco Principal. Três temas serão levados à discussão: Educação, o papel das escolas no século XXI e as tecnologias empregadas; Tecnologias para Mobilização e Engajamento da Sociedade; e Uso de Tecnologias para a Transformação Social de Comunidades. Especialistas e empreendedores das áreas serão convidados para dividir suas experiências com os campuseiros e mediar debates sobre os temas em questão.
     
voltar