Notícias

  • 08/08/2017 - Fundação Telefônica Vivo

    Curitiba recebe projeto de voluntariado da Fundação Telefônica Vivo

    Curitiba recebe pela primeira vez o Vacaciones Solidarias, programa de voluntariado promovido pela Fundação Telefônica Vivo. Desde 31 de julho, 16 voluntários estão na Escola de Educação Especial 29 de Março, que atende portadores de múltiplas deficiências. A fim de estimular o voluntariado na empresa, a operadora incentiva os colaboradores a doarem parte de suas férias para fazer trabalho voluntário, com custos de viagem pagos pela companhia. O grupo que a escola receberá conta com seis colaboradores brasileiros e 10 estrangeiros – 3 da Espanha, 2 do Peru, 2 da Venezuela, 1 da Argentina, 1 da Itália e 1 da Colômbia.
     
    A ação permite que os colaboradores do Grupo Telefônica participem ativamente de uma experiência de voluntariado em projetos apoiados pela Fundação Telefônica Vivo em diferentes países latino americanos, tendo contato com diferentes realidades sociais. Por meio deste projeto, os participantes podem contribuir com seu tempo e suas habilidades, além de ter uma experiência única para desenvolver e descobrir novas competências. As atividades variam em função do trabalho que a Fundação desempenha em cada país e em função do contexto social de cada comunidade.
     
    Até o dia 11 de agosto, os voluntários irão trabalhar na Escola 29 de Março para aprimorar a gestão da instituição e aperfeiçoar a utilização de tecnologias de apoio aos alunos, o que inclui formação de professores para otimizar a experiência educacional. Na abertura do programa, na manhã desta segunda-feira, estiveram presentes Americo Mattar, diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo, Josiane Alves Bomfim, diretora da escola, e equipes.
     
    Criado em 2008, o programa Vacaciones Solidárias começou oferecendo aos funcionários espanhóis uma experiência de voluntariado na América Latina. Depois, incluiu também colaboradores de outros países da Europa. Com o tempo, foi desenvolvida uma metodologia de intervenção para definir os países e os projetos que entrariam no programa. Hoje, as vagas são abertas a funcionários de todo o grupo, de modo que haja troca de conhecimento e cultura.

    A seleção é feita na Espanha pela gestão global do Programa de Voluntariado da companhia e exige que o colaborador tenha experiência prévia em atividades de voluntariado e nível avançado de espanhol para edição internacional. Este ano, 996 colaboradores se inscreveram para participar no programa, sendo 223 brasileiros e 773 estrangeiros. Deste total, 145 colaboradores foram selecionados para participar de atividades no Chile, México, Colômbia, Uruguai, Nicarágua e Peru, além do Brasil.
voltar
 

© 2012-2013 Telefônica S.A. Todos os direitos reservados.