Notícias

  • 28/05/2018

    Telefônica Brasil está entre as líderes em Sustentabilidade no ALAS20 2018

    A Telefônica é a única telecom brasileira entre as indicadas na categoria “Empresa Líder em Sustentabilidade” do ALAS20 2018. O ranking da Agenda Líderes Sustentáveis 2020 é a única iniciativa latino-americana que avalia e reconhece a excelência na divulgação pública de informações sobre práticas de desenvolvimento sustentável, governança corporativa e investimentos responsáveis de empresas e investidores no Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru.

    Especialmente nesta categoria, a indicação é baseada no ranking Vigeo Eiris Emerging Market 70 que aponta as companhias com atuação em mercados emergentes, selecionadas pelo bom desempenho em governança e gestão da sustentabilidade, no qual a  Telefônica está presente há quatro anos. Líder em serviços de telecomunicações no Brasil, com 97,8 milhões de acessos, a Telefônica, dona da marca Vivo, divulgou recentemente seu Relatório de Sustentabilidade, que destaca as ações sociais, ambientais e de governança da companhia. Na publicação, a empresa destaca que atingiu 93,8% das metas do Plano de Negócios Responsável da Telefônica no Brasil, em 2017, um aumento de quase 7% em relação ao ano anterior.

    Destaques

    Entre as diferentes iniciativas da operadora, que mantém uma plataforma – Dialogando.com.br -, para promover o melhor uso das tecnologias em 14 países de atuação do grupo Telefônica, a empresa também ampliou em 2017 outros programas de estímulo ao consumo responsável para permitir aos clientes uma experiência cada vez mais sustentável.

    Entre os destaques está a Venda Sustentável, com a assinatura digital dos contratos e a Conta Digital, em que o cliente pode acessar fatura e detalhes de consumo via site e aplicativo Meu Vivo. Com estas duas iniciativas, a Vivo e seus clientes evitaram a impressão de 248 milhões de folhas de papel em 2017. Em todas as lojas e revendas da operadora, também é possível participar do programa Recicle com a Vivo, projeto já recolheu 4,8 milhões de equipamentos, garantindo a destinação adequada de 100 toneladas de resíduos.
voltar