Notícias

  • 30/07/2018 - Institucional

    Privatização do setor de telecomunicações completa 20 anos

    O Brasil completou neste domingo, 20 anos da privatização do setor de telecomunicações, um período marcado por grandes transformações no desenvolvimento socioeconômico do nosso país. E a Telefônica faz parte dessa história!
     
    Há 20 anos atrás, as pessoas só aspiravam ter um telefone fixo em casa e para aqueles que não tinham, havia à disposição na rua um telefone público (o chamado orelhão).
     
    "As receitas das teles vinham de linhas fixas, ligações interurbanas e internacionais, fichas de orelhões e páginas amarelas. Tudo isso hoje é peça de museu", comentou nosso presidente executivo, Eduardo Navarro, para o Estadão. Leia matéria completa.
     
    De lá para cá muita coisa mudou. Prova disso é que, segundo dados da Anatel e Telebrasil, há mais celulares que brasileiros (o número de aparelhos equivale a 105% da população no País), 93% têm telefonia fixa em residências e 42% dos domicílios contam com banda larga fixa.
     
    Há conectividade, mais pessoas interagindo. É fato que a revolução digital veio para ficar e vai continuar influenciando a forma como as pessoas se relacionam, consomem serviços, como a sociedade interage. O presente já é digital.
     
    “Com a revolução digital, tudo vai estar conectado. Por isso, temos que preparar a matéria-prima, que é a conectividade. O desafio é a necessidade de renovar a rede constantemente. O serviço que a gente vendia era a voz fixa e páginas amarelas. Com a internet, tudo mudou. As empresas tiveram que se reinventar”, completou Eduardo, para o jornal O Globo. 
     
    Já estamos fazendo a nossa parte, contribuindo para o desenvolvimento de setores da economia como educação (inovação educativa), cidadania (eleições eletrônicas, documentos digitais), saúde (cirurgias remotas), segurança pública (inteligência para as forças policiais), além da agricultura e pecuária (internet das coisas no campo).
     
    E nos próximos 20 anos O que mais está por vir?
     
    Dê o play e assista ao vídeo do SindiTelebrasil.

    (Crédito foto: Paulo Lerciari/AE)
voltar
 

© 2012-2013 Telefônica S.A. Todos os direitos reservados.