Notícias

  • 08/11/2018

    Vivo avança com voz sobre 4G em mais cidades do País

    A Vivo anuncia o uso da rede de quarta geração (4G) para a realização de chamadas de voz – tecnologia conhecida como VoLTE- Voz HD – para mais cidades do Brasil, incluindo novas capitais. A ativação inclui os municípios de Porto Alegre e Caxias do Sul (RS); Florianópolis e Blumenau (SC); Contagem, Juiz de Fora e Belo Horizonte (MG), Manaus (AM) e Belém (PA). A partir de 14 de novembro, será a vez de Joinville (SC), Curitiba (PR) e Aracajú (SE).

    Leia mais >

  • 05/11/2018

    Vivo TV libera sinal dos canais AXN e Nat Geo Kids

    Os assinantes da Vivo TV poderão usufruir da programação dos canais AXN e Nat Geo Kids neste mês de novembro. Independentemente do pacote contratado, os usuários terão à disposição, sem nenhum custo adicional, todo o conteúdo dos canais. A liberação do sinal é válida de 02 a 11 de novembro, para o canal AXN, e de 05 a 11 de novembro, para o Nat Geo Kids. 

    Leia mais >

  • 05/11/2018

    Vivo leva meditação com monge Satyanatha para a Virada Zen

    Depois de levar a meditação para a palma da mão das pessoas com o aplicativo Vivo Meditação e oferecer espaço zen para os seus colaboradores, a Vivo fortalece seu envolvimento com o tema tornando-se a principal patrocinadora do Virada Zen, maior movimento do país voltado a atividades de bem-estar e autoconhecimento.

    Leia mais >

  • 30/10/2018

    Vivo lança banda larga e TV com Vivo Fibra em Araras, Capivari, Franca e Poços de Caldas

    Clientes Vivo Fibra residencial ainda receberá um bônus de dados que pode chegar a até 10 GB nos planos de celular Vivo

    Leia mais >

  • 30/10/2018

    Telefônica Brasil aumenta rentabilidade no trimestre com pós-pago e expansão de fibra; lucro líquido acumulado no ano atinge R$ 7,4 bilhões

    A Telefônica Brasil divulga nesta terça-feira (30) o balanço financeiro e operacional do terceiro trimestre de 2018. No período, a empresa registrou um crescimento no EBITDA recorrente – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – de 5,3% no comparativo anual, totalizando R$ 3,9 bilhões. O resultado é reflexo da estratégia da Companhia em focar em negócios de maior valor, como planos pós-pagos e expansão da rede de fibra, além das iniciativas de digitalização que garantem o crescimento das margens e uma experiência única aos clientes.

    Leia mais >